Pesquisa

Pesquisa personalizada

domingo, 28 de maio de 2017

HTLV

HTLVÉ um retrovírus, da mesma família do HIV.

É transmitido por transfusão de sangue, uso de seringas compartilhadas, amamentação e relação sexual sem proteção.

As pessoas podem conviver com o vírus e não ter nenhum tipo de sintoma, em outros casos o paciente pode apresentar alguns tipos de câncer nas células do sangue e alterações neurológicas.

Existem testes para diagnosticar o vírus, mas ainda não há tratamento direcionado.

Eczema de Mãos

eczema de mãosÉ uma ação inflamatória que ocorre na pele, devido o contato com um agente irritativo,  que pode ser:

Agudo: a substancia causadora tem concentração alta e a resposta é imediata ao contato, por exemplo queimaduras químicas causadas por ácidos, provocam a morte imediata das células.

Crônico: a pele é exposta com frequência ao uso de substancias irritativas de baixa concentração, provocando danos leves que vão se acumulando, sem um intervalo de tempo para se recuperar, por exemplo o uso de sabões e detergentes pelas donas de casa.

Pacientes com histórico de alergias, são mais suscetíveis ao eczema crônico os sintomas são:  vermelhidão, inchaço, descamação, rachaduras na pele, coceira, ardência, dor e pinicação.

O tratamento varia de acordo com cada caso, mas deve ser passado pelo médico dermatologista.
Geralmente são indicados medicamentos locais e de uso oral, para diminuir a inflamação e aliviar os sintomas.  Evite o contato com as substancias que provocam a irritação, use cremes com pH 5.5 que é próximo ao da pele para auxiliar na recuperação

domingo, 9 de abril de 2017

Ancilose

AnciloseÉ a fusão dos ossos, encurtamento do tecido fibroso.

O sintoma é a diminuição ou impossibilidade de movimentos nas articulações.

O diagnóstico é feito com o histórico do paciente e por exames através de imagens.

O tratamento geralmente é cirúrgico.

Amígdalite

AmígdaliteÉ a inflamação das amígdalas, provocada pela ação de micróbios e bactérias que infestam o ar e penetram pela garganta.

O sintoma é a dor de garganta que pode ser leve ou aguda. No caso de aguda ocorre febre e inchaço local, dificultando ou impossibilitando a tarefa de engolir alimentos líquidos e sólidos, mau hálito, dor de cabeça. Em alguns casos, até a respiração se torna difícil.

O tratamento é feito com anti-inflamatórios, antibiótico, em alguns casos é necessária cirurgia para retirada das amígdalas.

segunda-feira, 13 de março de 2017

Albuminúria

É a presença da albumina na urina. A albumina é uma  proteína sintetizada pelo fígado e que se encontra no plasma sanguíneo.

A albumina pode aparecer na urina por inflamação dos rins,  congestão mecânica dos rins, pressão aumentada das veias renais por doenças do coração ou por gravidez, hipertensão, problemas cardíacos, diabetes, envenenamento por alimentação tóxica e desordenada e outros.

Sintomas

  • dores na zona dos rins
  • dor de cabeça
  • escalafrios
  • escassez de urina com muita vontade de urinar
  • febre
  • hemoragia nasal
  • inchaço no rosto
  • urina de cor avermelhada ou castanha, espessa e turva
  • vômitos
Tratamento

Depende da causa da doença, medicamentos podem ser o suficiente, mas em alguns casos é necessário repor a proteína no organismo. 

Durante o tratamento é necessário controlar a pressão arterial, pois ela pode ser alterada e prejudicar os rins.

Afta

aftasProcesso inflamatório, concentrado em pequenos pontos (lesões), que se desenvolve na mucosa bucal, rompendo o tecido.Seu aspecto é de uma erupção com forma circular, de cor branco-acinzentado ou amarela com uma borda vermelha.

Ela pode surgir em pessoas com baixa imunidade,  ela causada por uma doença especifica como aids, câncer, diabetes, anemia ou por uso de medicamentos como antibióticos e corticosteroides. Existem ainda outros fatores que podem causar aftas como alergias a alimentos. deficiência de ferro, vitamina B12 e ácido fólico, estresse emocional, mudanças hormonais e o período menstrual nas mulheres, refluxo gastroesofágico,poucas horas de sono, bactéria que causa
ulcera gástrica (Helicobacter pylori), cigarro,  próteses bucais e ainda aftas podem ser hereditárias.

Os principais sintomas são:dor, vermelhidão,  perda do paladar, ressecamento dos cantos da boca, febre, indisposição. Em casos mais  graves as aftas podem se espalhar pelo esôfago causando dificuldade para engolir e sensação de algo preso na garganta.

Os tratamentos tem como objetivo cicatrizar a lesão, os medicamentos mais usados são Amlexanox (Aphthasol® ou Aftaid®),  Acetonido de triancinolona (OMCILON- A ®), são pomadas para aliviar a dor, com anti-inflamatório.



domingo, 5 de fevereiro de 2017

Afonia

afonia
É a perda parcial ou total da voz por efeito de lesão no aparelho vocal, devido alterações na laringe. 


Causas:

  • Cantar com técnicas inadequadas;
  • Doenças do aparato respiratório, gripes, resfriados;
  • Doenças como a sífilis e a gota podem atacar as pequenas articulações nas quais estão inseridas as extremidades das cordas vocais.
  • Falar alto demais;
  • Inalar fumaças de fumos e cigarros ou outros gases irritantes;
  • Ingerir produtos tóxicos ou irritantes;
  • Lesão ou rigidez nas cordas vocais  como inflamação, feridas, cicatrizes, tumores;
  • Mau uso da respiração (por exemplo, respirar pela boca durante a noite);
  • Profissão que utiliza a voz como os professores, atores, apresentadores de TV, cantores, locutores e os políticos;
  • Questões emocionais e nervosas;
  • Temperaturas extremas por exemplo ingerir bebidas muito geladas ou muito quentes;
  • Tosse ou pigarro preso na garganta;


Sintomas:

  • Afasia;
  • Aspereza na voz.
  • Cócegas na garganta;
  • Confusão;
  • Perda da fala;


Tratamento 

  • Beber bastante líquido em temperatura ambiente para a garganta não sofrer choque térmico e ficar hidratada;
  • Caso tenha dor na garganta evite comer alimentos muito duros.
  • Evite falar alto ou gritando;
  • Evite falar e sussurrar pois forçará ainda mais suas cordas vocais, agravando ainda mais o problema;
  • Evite suco de frutas e vegetais, pois contribui na eliminação do excesso de muco;
  • Faça gargarejos com vinagre de maçã ou com água que contenha uma concentração significativa de sais dissolvidos;
  • Não fume e evite ficar próximo de fumantes;
  • Respire somente pelo nariz para evitar que a boca seque.
  • Tome chás de preferência de mel e limão;
  • Use analgésicos para aliviar a dor;


Procure um médico, para que este o examine e determine a origem e lhe ofereça o tratamento mais eficaz para que sua voz volte à normalidade. O problema varia de acordo com o quadro de afonia, podendo ser um tratamento feito por um simples repouso, ou tendo que ter ajuda de um especialista se a afonia já estiver num estágio avançado pode-se se ainda ser necessário uma cirurgia.